Menu
JORNAL ELETRÔNICO | PORTO VELHO | RO/BR - NOTÍCIAS EM TEMPO REAL - DATA: 30 Abr, 2017 (PLANTÃO 24H- ☏ 9.8497 2015 WHATS) HORA LOCAL:

disk pvh banner3

 

Search - K2
Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Tags
Operação Crisol da PF revela poderoso esquema de extração ilegal de ouro no Brasil: Definidos candidatos ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do MP/RO: Projeto prevê licença de 3 dias para funcionária menstruada: "1º Ato em Prol da Família" promove apoio ao prefeito de Ariquemes: Dias Toffoli aparece na Operação Custo Brasil em relação com acusados de desviar mais de R$ 100 milhões: Declaração de Levy Fidelix contra gays é liberdade de expressão, diz TJ-SP: Grupo Rovema é reconhecido pela QualityInternacional: Ayres do Amaral é um dos presos na Operação Imprevidência: Principal alvo da Operação Imprevidência é Gilson Nazif, ex-secretário e irmão do prefeito de Porto Velho: Natal Solidário visa angariar brinquedos para crianças carentes: Dr Hildon é diplomado prefeito e fala sobre corte de gastos em Porto Velho: Polícia Federal investiga denúncia de malversação de R$ 80 milhões no IPAM.: Conheça o LFC: um campeonato de MMA com lutadoras usando lingerie: Odebrecht garante que sítio de Lula será objeto da delação: Em Rondônia, servidores exigem saída de ministro da transparência: Ministério Público aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família: Ballet sem muito glamour – Professor Nazareno: Congresso pode aumentar tempo máximo de prisão de 30 para 50 anos, no Brasil: Participante do The Voice Brasil morre em acidente de carro: NOTA DE ESCLARECIMENTO EUCATUR: Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou: Ana Hickmann relata momentos de terror: “Tive a certeza que ia morrer”: Homem que invadiu hotel era obcecado por Ana Hickmann; ele foi morto pelo cunhado da apresentadora: Feempi apoia formalização de mototaxistas através do MEI:
A+ A A-

Banner Orthocenter 256

 

Empreiteiro afirma que Lula o orientou a dar sumiço em documentos

  • Escrito por G1

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Léo Pinheiro disse que teve "vários encontros" com LulaLuis Macedo/Câmara dos Deputados

O empresário Léo Pinheiro, da OAS, fez um

relato devastador nesta quinta-feira (20) sobre o apartamento triplex do Guarujá e que pode complicar a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, réu da Lava Jato.

Segundo Léo Pinheiro, o petista o teria orientado a destruir provas de pagamentos via caixa dois ao PT no exterior. "Se tiver destrua!", foi a ordem de Lula, segundo o empresário.

"Eu tive um encontro com o presidente em junho (de 2014), bom isso tenho anotado na minha agenda", disse Léo Pinheiro. "São vários encontros onde o presidente, textualmente, me fez a seguinte pergunta. 'Léo', até notei que ele tava um pouquinho irritado, 'Léo, você fez algum pagamento ao João Vaccari no exterior?' Eu disse: 'não presidente, eu nunca fiz pagamento dessas contas que temos com Vaccari no exterior'."

Lula pediu para destruir provas e fez encontro em São Bernardo para definir reforma de triplex, diz Léo Pinheiro

Segundo Pinheiro, Lula insistiu, ainda de acordo com as revelações do empreiteiro. "Como é que você está procedendo os pagamentos para o PT através do João Vaccari?"

"Estou fazendo os pagamentos através de orientação do Vaccari, de caixa dois, de doações diversas que fizemos a diretórios."

E Lula, então, deu a ordem, segundo o empreiteiro. "Você tem algum registro de encontro de contas, de alguma coisa feita com Vaccari com você? Se tiver destrua." 

"Acho que quanto a isso não tem dúvida", afirmou Léo Pinheiro.

Defesa

Em nota, Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, afirmou:

"Léo Pinheiro no lugar de se defender em seu interrogatório, hoje, na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, contou uma versão acordada com o MPF como pressuposto para aceitação de uma delação premiada que poderá tirá-lo da prisão. Ele foi claramente incumbido de criar uma narrativa que sustentasse ser Lula o proprietário do chamado triplex do Guarujá. É a palavra dele contra o depoimento de 73 testemunhas, inclusive funcionários da OAS, negando ser Lula o dono do imóvel.

A versão fabricada de Pinheiro foi a ponto de criar um diálogo - não presenciado por ninguém - no qual Lula teria dado a fantasiosa e absurda orientação de destruição de provas sobre contribuições de campanha, tema que o próprio depoente reconheceu não ser objeto das conversas que mantinha com o ex-Presidente. É uma tese esdrúxula que já foi veiculada até em um e-mail falso encaminhado ao Instituto Lula que, a despeito de ter sido apresentada ao Juízo, não mereceu nenhuma providência.

A afirmação de que o triplex do Guarujá pertenceria a Lula é também incompatível com documentos da empresa, alguns deles assinados por Léo Pinheiro. Em 3/11/2009, houve emissão de debêntures pela OAS, dando em garantia o empreendimento Solaris, incluindo a fração ideal da unidade 164A. Outras operações financeiras foram realizadas dando em garantia essa mesma unidade. Em 2013, o próprio Léo Pinheiro assinou documento para essa finalidade. O que disse o depoente é incompatível com relatórios feitos por diversas empresas de auditoria e com documentos anexados ao processo de recuperação judicial da OAS, que indicam o apartamento como ativo da empresa.

Léo Pinheiro negou ter entregue as chaves do apartamento a Lula ou aos seus familiares. Também reconheceu que o imóvel jamais foi usado pelo ex-Presidente.

Perguntado sobre diversos aspectos dos 3 contratos que foram firmados entre a OAS e a Petrobras e que teriam relação com a suposta entrega do apartamento a Lula, Pinheiro não soube responder. Deixou claro estar ali narrando uma história pré-definida com o MPF e incompatível com a verdade dos fatos."

FACEBOOK GAZETA

Bookmaker with best odds http://wbetting.co.uk review site.
ÚLTIMAS :
Operação Crisol da PF revela poderoso esquema de extração ilegal de ouro no Brasil: Definidos candidatos ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do MP/RO: Projeto prevê licença de 3 dias para funcionária menstruada: "1º Ato em Prol da Família" promove apoio ao prefeito de Ariquemes: Dias Toffoli aparece na Operação Custo Brasil em relação com acusados de desviar mais de R$ 100 milhões: Declaração de Levy Fidelix contra gays é liberdade de expressão, diz TJ-SP: Grupo Rovema é reconhecido pela QualityInternacional: Ayres do Amaral é um dos presos na Operação Imprevidência: Principal alvo da Operação Imprevidência é Gilson Nazif, ex-secretário e irmão do prefeito de Porto Velho: Natal Solidário visa angariar brinquedos para crianças carentes: Dr Hildon é diplomado prefeito e fala sobre corte de gastos em Porto Velho: Polícia Federal investiga denúncia de malversação de R$ 80 milhões no IPAM.: Conheça o LFC: um campeonato de MMA com lutadoras usando lingerie: Odebrecht garante que sítio de Lula será objeto da delação: Em Rondônia, servidores exigem saída de ministro da transparência: Ministério Público aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família: Ballet sem muito glamour – Professor Nazareno: Congresso pode aumentar tempo máximo de prisão de 30 para 50 anos, no Brasil: Participante do The Voice Brasil morre em acidente de carro: NOTA DE ESCLARECIMENTO EUCATUR: Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou: Ana Hickmann relata momentos de terror: “Tive a certeza que ia morrer”: Homem que invadiu hotel era obcecado por Ana Hickmann; ele foi morto pelo cunhado da apresentadora: Feempi apoia formalização de mototaxistas através do MEI:

Специально для вашего глюкометра Тест-полоски Accu-Chek по лучшей цене
Entrar

Cadastrar