Menu
JORNAL ELETRÔNICO | PORTO VELHO | RO/BR - NOTÍCIAS EM TEMPO REAL - DATA: 26 Abr, 2017 (PLANTÃO 24H- ☏ 9.8497 2015 WHATS) HORA LOCAL:

disk pvh banner3

 

Search - K2
Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Tags
Operação Crisol da PF revela poderoso esquema de extração ilegal de ouro no Brasil: Definidos candidatos ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do MP/RO: Projeto prevê licença de 3 dias para funcionária menstruada: "1º Ato em Prol da Família" promove apoio ao prefeito de Ariquemes: Dias Toffoli aparece na Operação Custo Brasil em relação com acusados de desviar mais de R$ 100 milhões: Declaração de Levy Fidelix contra gays é liberdade de expressão, diz TJ-SP: Grupo Rovema é reconhecido pela QualityInternacional: Ayres do Amaral é um dos presos na Operação Imprevidência: Principal alvo da Operação Imprevidência é Gilson Nazif, ex-secretário e irmão do prefeito de Porto Velho: Natal Solidário visa angariar brinquedos para crianças carentes: Dr Hildon é diplomado prefeito e fala sobre corte de gastos em Porto Velho: Polícia Federal investiga denúncia de malversação de R$ 80 milhões no IPAM.: Conheça o LFC: um campeonato de MMA com lutadoras usando lingerie: Odebrecht garante que sítio de Lula será objeto da delação: Em Rondônia, servidores exigem saída de ministro da transparência: Ministério Público aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família: Ballet sem muito glamour – Professor Nazareno: Congresso pode aumentar tempo máximo de prisão de 30 para 50 anos, no Brasil: Participante do The Voice Brasil morre em acidente de carro: NOTA DE ESCLARECIMENTO EUCATUR: Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou: Ana Hickmann relata momentos de terror: “Tive a certeza que ia morrer”: Homem que invadiu hotel era obcecado por Ana Hickmann; ele foi morto pelo cunhado da apresentadora: Feempi apoia formalização de mototaxistas através do MEI:
A+ A A-

Banner Orthocenter 256

 

Ex-assessor diz a Moro que Palocci recebeu Marcelo Odebrecht na Câmara

  • Escrito por G1

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Brani era o braço direito de PalocciWerther Santana/ Estadão Conteúdo

O ex-assessor de Antonio Palocci, Branislav Kontik, o Brani, revelou nesta quinta-feira

(20), ao juiz federal Sérgio Moro que o ex-ministro dos governos Lula e Dilma recebeu o empreiteiro Marcelo Odebrecht na Câmara dos Deputados. Palocci exerceu mandato de deputado federal pelo PT entre 1999 e 2011.

Réu em ação penal ao lado de Palocci sobre propinas milionárias da Odebrecht destinadas ao PT — pelo menos R$ 128 milhões, indica planilha da empreiteira — Brani disse que Palocci se encontrou também com Alexandrino Alencar, outro executivo do Grupo ligado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Marcelo Odebrecht foi preso em junho de 2015 na Lava Jato. Para escapar da prisão ele fechou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República. O empreiteiro delator revelou uma longa rotina de malfeitos patrocinados por sua Odebrecht — outros 76 executivos do grupo seguiram o mesmo caminho do antigo líder.

Brani foi braço direito de Palocci na Câmara e depois na Casa Civil e, mais tarde, na empresa de consultoria Projeto — por meio da qual o ex-ministro fechou contratos milionários com empresas e bancos.

Moro seguiu com o interrogatório.

"O sr. Antonio Palocci teve contatos com executivos ou agentes do Grupo Odebrecht?"

"Sim."

"Esses contatos eram frequentes?"

"Não eram muito frequentes, mas existiam."

"Esses contatos se deram no período em que ele exercia mandato parlamentar?"

"Sim, no período sim."

"Período em que era chefe da Casa Civil?"

"Desconheço."

"E depois que passou a exercer atividades privadas?"

"Também teve alguns contatos."

"O sr. Antonio Palocci efetivamente se encontrava com executivos do grupo Odebrecht?", insistiu Moro.

"Sim, alguns encontros", respondeu o ex-braço direito de Palocci.

"Que executivos, por exemplo?"

"Sr. Alexandrino e o sr. Marcelo."

"Mais alguém?"

"Talvez o sr. Emílio (Odebrecht)".

"Esses encontros ocorreram no período do mandato parlamentar (de Palocci) se davam onde?"

"Olha, ou no escritório em São Paulo ou talvez, raras vezes, na própria Câmara."

"O sr. Marcelo Odebrecht foi alguma vez ao escritório (da Projeto, em São Paulo)?", insistiu o juiz.

"Sim."

"Mais de uma vez?"

"Mais de uma vez."

"E o sr. não participou dos encontros?"

"Nunca participei das reuniões."

O juiz Moro, então, exibiu ao réu um e-mail entre ele e Marcelo Odebrecht. O empreiteiro queria se reunir com Palocci e perguntou a Brani se "o chefe vai estar em São Paulo na sexta ou na segunda".

"O sr. se recorda desse e-mail?", questionou o juiz.

"Não me recordo, já são 6, 7 anos passados."

"Se recorda se efetivamente eles se encontraram?"

"Era comum ele (Odebrecht) ou a secretária entrar em contato."

Brani disse que "não tem conhecimento" de negociação por contribuições financeiras entre Palocci e o empresário.

Também afirmou que nunca transportou dinheiro em espécie.

Leia mais notícias sobre Brasil e Política

FACEBOOK GAZETA

Bookmaker with best odds http://wbetting.co.uk review site.
ÚLTIMAS :
Operação Crisol da PF revela poderoso esquema de extração ilegal de ouro no Brasil: Definidos candidatos ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do MP/RO: Projeto prevê licença de 3 dias para funcionária menstruada: "1º Ato em Prol da Família" promove apoio ao prefeito de Ariquemes: Dias Toffoli aparece na Operação Custo Brasil em relação com acusados de desviar mais de R$ 100 milhões: Declaração de Levy Fidelix contra gays é liberdade de expressão, diz TJ-SP: Grupo Rovema é reconhecido pela QualityInternacional: Ayres do Amaral é um dos presos na Operação Imprevidência: Principal alvo da Operação Imprevidência é Gilson Nazif, ex-secretário e irmão do prefeito de Porto Velho: Natal Solidário visa angariar brinquedos para crianças carentes: Dr Hildon é diplomado prefeito e fala sobre corte de gastos em Porto Velho: Polícia Federal investiga denúncia de malversação de R$ 80 milhões no IPAM.: Conheça o LFC: um campeonato de MMA com lutadoras usando lingerie: Odebrecht garante que sítio de Lula será objeto da delação: Em Rondônia, servidores exigem saída de ministro da transparência: Ministério Público aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família: Ballet sem muito glamour – Professor Nazareno: Congresso pode aumentar tempo máximo de prisão de 30 para 50 anos, no Brasil: Participante do The Voice Brasil morre em acidente de carro: NOTA DE ESCLARECIMENTO EUCATUR: Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou: Ana Hickmann relata momentos de terror: “Tive a certeza que ia morrer”: Homem que invadiu hotel era obcecado por Ana Hickmann; ele foi morto pelo cunhado da apresentadora: Feempi apoia formalização de mototaxistas através do MEI:

Специально для вашего глюкометра Тест-полоски Accu-Chek по лучшей цене
Entrar

Cadastrar